Karen Bartolomeu: Você sabia? Maquiagem

Você sabia? Maquiagem


    O tema do você sabia desta semana é a maquiagem. Como será que surgiu essa coisinha que é tão essencial na vida de 99,9% das mulheres no mundo (e por que não dizer dos homens também!?).

    Pois bem, a nossa queridinha maquiagem é datada por volta de 3000 anos antes de Cristo, e é no Egito que encontramos os primeiros testemunhos do uso de cosméticos (é só olhar para os mil e um retratos feitos através dos séculos da Cleópatra, que na realidade utilizava argila como tratamento facial, tomava banho de leite e utilizava pó de khol nos olhos). 

   E falando em khol, foi exatamente com ele que se originou o nosso tema. O khol é um pigmento preto ainda hoje usado como sombra - isto é, para sublinhar o contorno dos olhos e escurecer cílios e sobrancelhas. Esse e outros antepassados da maquiagem também seriam desenvolvidos milênios mais tarde na Europa, tanto na Grécia como na Roma antigas, onde embelezavam não apenas as mulheres, mas igualmente os homens.

    Os faraós tinham nas perucas coloridas formas de distinção social e consideravam a maquilagem dos olhos, ponto de destaque fundamental para evitar olhar diretamente para Rá, o deus Sol (vai saber né). As misturas de metais pesados davam o tom esverdeado para impregnar e proteger as pálpebras dos nobres (tecnologia avançada, hein!?).

    Após a queda do Império Romano, porém, o uso desses produtos foi praticamente abandonado na maior parte do continente europeu e, durante toda a Idade Média, o pensamento religioso falou mais alto que a vaidade. A maquiagem só ressurgiria com força a partir do século XV, quando a Itália e a França se tornaram os principais fabricantes de produtos de beleza.

    Nesta época, o uso de maquiagem era privilégio de reis, cortesãos e aristocratas, que apreciavam principalmente o pó-de-arroz e pomadas coloridas que serviam para pintar os lábios. Somente no século XVIII é que tais artefatos começaram a se popularizar, mesmo não sendo bem aceitos em todos os países. Na Inglaterra, por exemplo, mulheres mais conservadoras evitavam usá-los por considerá-los vulgares e associá-los a costumes pouco respeitáveis. Esse preconceito inglês - compartilhado também pelos americanos - só acabaria no início da década de 1920, que deu o impulso que faltava para a maquiagem se transformar em mania mundial (pra nossa sorte, né?!).
    E aí estamos hoje, depois de muitas idas e vindas, a maquiagem surge cada dia mais forte com uma diversidade crescente de produtos e marcas pelo mundo a fora, agradando todos os gostos e bolsos. Quem diria que algo que se tornou tão essencial para nossa geração teria surgido assim!

    E aí, gostaram?

    Até mais!

                Karen Bartolomeu

Principal fonte de pesquisa: http://mundoestranho.abril.com.br/
OBS: Se você gostou, não deixe de clicar em "Participar deste site" na sessão Seguidores na barra lateral e claro, de comentar (seu comentário é muito importante!). Obrigada!

4 comentários:

  1. Achei muito interessante essa postagem, não sabia de muita coisa e saber que evoluímos muito é bom haha
    Beijos
    Dezesseis de Volta

    ResponderExcluir
  2. Adorei as informações amo maquiagem!
    Já estou seguindo seu blog adorei

    www.maniasdapatty.com

    ResponderExcluir
  3. Muito interessante, adorei o post, beijos!
    http://blogmeninaousada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante!